TESTE GRÁTIS Solicite agora, use 7 dias e surpreenda-se! Emoji olhos de coração

Blog seufisio

Para você ficar sempre atualizado

Home Blog Como cobrar o preço justo na sua clínica ou studio de Pilates
19 de maio de 2023 | por SeuFisio         795 acessos

Como cobrar o preço justo na sua clínica ou studio de Pilates

Quando se trata de clínica e studios de Pilates, a definição do preço a ser cobrado pelos serviços é uma questão crucial para garantir a viabilidade do negócio. Mas como definir um preço justo que equilibre a necessidade de lucro com a oferta competitiva do mercado?

 

Para responder à essa questão, é preciso levar em consideração que toda e qualquer decisão deve basear-se na estratégia competitiva do negócio, que direciona todas as demais estratégias – financeira, de marketing, de recursos humanos, e de operações e logística.

 

Estratégias competitivas de mercado

 

Michael Porter sugere que as empresas escolham uma dentre duas estratégias para se competir no mercado de atuação: estratégia baseada em custo total e estratégia baseada na diferenciação. E vai além, escolher um meio-termo entre as duas é a pior escolha possível, seria a chave para o fracasso.

 

A estratégia baseada em custo total tem como objetivo oferecer preços mais baixos para atrair um grande volume de clientes. Para isso, é fundamental que a estrutura de custos do negócio esteja baseada em custo baixo. É necessário reduzir ao máximo todos os custos envolvidos no negócio, desde a compra de equipamentos até a contratação de funcionários e a manutenção do espaço físico.

 

Já, na estratégia baseada na diferenciação, a empresa busca oferecer um serviço único e diferenciado em relação à concorrência, permitindo assim uma margem de lucro maior por unidade vendida. Essa estratégia exige um maior investimento inicial em equipamentos, tecnologia e capacitação profissional, mas, a longo prazo, pode oferecer um retorno maior.

 

Referências para precificação

 

Independentemente da estratégia escolhida, é necessário considerar três balizadores fundamentais para a definição do preço a ser cobrado:

 

Custo: o preço a ser cobrado não pode ser menor que o custo do negócio. Todos os custos envolvidos, desde a compra de equipamentos até a contratação de funcionários e a manutenção do espaço físico, devem ser levados em conta para definir o valor mínimo a ser cobrado por um serviço.

 

Valor máximo que o cliente está disposto a pagar: é importante identificar o valor máximo que o cliente está disposto a pagar pelo seu serviço. Isso pode ser feito por meio de pesquisas de mercado, questionários com os clientes, análise de dados de concorrência e feedback de clientes.

 

Concorrência: é fundamental analisar a concorrência, entender o que ela oferece, como oferece e a que preço. Essa análise permitirá identificar oportunidades para diferenciação e ajudará a definir o preço justo a ser cobrado.

 

Após definir a estratégia competitiva e as referências de preço, é importante considerar outros fatores que podem influenciar na definição do preço. Por exemplo, a localização do espaço, o público-alvo, a qualidade dos equipamentos e a qualificação dos instrutores. Todos esses elementos podem agregar valor ao serviço e justificar um preço mais elevado.

 

Você acredita que cobra o preço justo pelo valor do serviço que você oferece?

 

Esperamos que sim, pois queremos ver o seu espaço sendo recompensado pelo que merece.

 

Na dúvida, converse com alguém de nossa equipe para saber como podemos te ajudar!




©copyright 2023 seufisio - Todos os direitos reservados. Logo Artemidas Agência Digital
Utilizamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.